Olá pessoas!!!! Como não havia postado minhas aquisições de abril, vou postar as compras e presentes de abril e maio, desde o último post que fiz (aqui). Como maio foi mês do meu aniversário, andei ganhando uns também.

LIVROS COMPRADOS


1. Mais Escuro que a Meia Noite - Salvo Sottile - comprei esse livro pois achei interessante o tema sobre a máfia italiana. Skoob


2. Na Pele de uma Jihadista - Anna Erelle - não sou muito interada sobre o assunto e quis saber mais sobre a vida dessa jornalista recrutada pelo Estado Islâmico. Skoob


3. A Eternidade do Instante - Zoé Valdés - história de um chinês que migra para Cuba no final dos anos 10. Não sei o que esperar dessa história mas senti vontade de ler. Skoob

4. Livro de Leah - Laura Malin - história que se passa nos séculos XIX e XX. Fala de amor além do tempo. Isso já foi o suficiente para eu comprar este livro. Ah, e se passa em Portugal, na época do descobrimento do Brasil. Skoob


5. Ligeiramente Seduzidos - Mary Balogh - o quarto da série da família Bedwin, este que fala sobre a história de Morgan Bedwin, a Caçula. Esta série eu quero ter inteira! Skoob


LIVROS QUE GANHEI


1. Razão e Sensibilidade/Orgulho e Preconceito/Persuasão - Jane Austen - enchi tanto a cabeça do meu marido que ele acabou me dando de presente (ele é um santo). Decidi que tinha que ler clássicos e esse foi o escolhido. Skoob


2. Carol - Patrícia Highsmith - ganhei da minha linda amiga Margaret de aniversário. Fala sobre o amor proibido entre duas mulheres. Amei o presente! Skoob


3. A História de Nós Dois - Dani Atkins - queria tanto esse livro que minha outra linda amiga Vivi me deu de aniversário!!!! Nem preciso dizer que amei né? Se este seguir a linha de Uma Curva no Tempo será mara! Skoob

Espero que tenham gostado da lista. Se você leu algum, comente aqui!

Beijos e até o próximo post!

TÍTULO ORIGINAL: Stay Close
AUTOR: Harlan Coben
GÊNERO: Suspense/Ficção
EDITORA: Arqueiro
ANO DE LANÇAMENTO: 2013
NÚMERO DE PÁGINAS: 288

SINOPSE: A vida de Megan Pierce nem sempre foi um mar de rosas. Houve uma época em que ela nunca sabia como seria o dia seguinte. Mas hoje é mãe de dois filhos, tem um marido perfeito e a casa dos sonhos de qualquer mulher - e, apesar disso, se sente cada vez mais insatisfeita.
Ray Levine já foi um fotógrafo respeitado, mas agora, aos 40 anos, tem um emprego em que finge ser paparazzo para massagear o ego de jovens endinheirados obcecados em se tornar celebridades.
Broome é um detetive incapaz de esquecer um caso que nunca conseguiu resolver: há 17 anos, um pai de família desapareceu sem deixar rastro. Todos os anos ele visita a casa em que a mulher e os filhos do homem esperam seu retorno.
Essas pessoas levam vidas que nunca desejaram. Agora, um misterioso acontecimento fará com que seus caminhos se cruzem, obrigando-as a lidar com as terríveis consequências de fatos que pareciam enterrados havia muito tempo.
E, à medida que se deparam com a faceta sombria do sonho americano - o tédio dos subúrbios, a angústia da tentação, o desespero e os anseios que podem se esconder nas mais belas fachadas -, elas chegarão à chocante conclusão de que talvez não queiram deixar o passado para trás.

Olá pessoas! Uma semana longe do blog! Não gosto de abandoná-lo assim, mas não teve jeito. Essa semana de feriado prolongado foi corrida pois tinha que adiantar muitas coisas no trabalho e foi o casamento do meu irmão (meu bebê casou!!). Porém, as leituras não pararam e estou aqui com mais um livro sensacional! 

Coben maravilhoso como sempre! Sou muito fã! (acho que disse isso, não?) Além de ter uma escrita simples, de fácil leitura, amarra muito bem todas as pontas da história, não deixando nenhuma parte sem explicação, e "Fique Comigo" não é diferente!

É um livro com muitos mistérios, mortes e também, humor. As tiradas de alguns personagens arrancaram de mim muitas risadas. A trama é perfeita, o envolvimento dos personagens explicado com detalhes e o final me surpreendeu, mas não me convenceu! Talvez pelo modo como o personagem em questão se comportou ao longo da história.(Esta frase pode ter ficado um pouco confusa mas se eu der mais explicações, posso esbarrar num spoiler)

Mas nem por isso gostei menos do livro. Nem estou gostando menos de Harlan Coben. Ninguém me indicou este livro, comprei por causa do autor e não me decepcionei. É ótimo e garantia de distração e diversão. Recomendo muito!

Beijos e até a próxima!!!

Oi pessoas! A Camila Melo do A Bookaholic Girl me indicou para essa TAG que não tive muita dificuldade em responder pois existem bem mais de 10 coisas que eu odeio (chata ao extremo).

Vamos lá:

1- Ser ignorada: pode parecer egocentrismo mas eu acho o cúmulo você ligar e deixar recado ou mandar uma mensagem, e a pessoa simplesmente não retorna.

2- Grosseria/Maldade/Falta de sensibilidade: eu sei que sou grossa, às vezes respondo atravessado, mas eu juro que não faço por mal. Agora, pessoas que sabem que vão te magoar, e mesmo assim falam algo que te deixa triste, isso é maldade.

3- Quiabo: eca!

4- Quando compro um livro com uma mega expectativa e depois vejo que a história não é tudo isso.

5- Conversas paralelas e cochichadas no ambiente de trabalho: não preciso nem comentar né...

6- Gente com o ego inflado: arrogância não me desce!

7- Falsidade: infelizmente tenho que lidar com isso todos os dias. É horrível!

8- Ser enganada: cara, uma pessoa que combina algo com você e na última hora dá pra trás, que te diz coisas que te fazem se sentir especial de alguma maneira e depois ter atitudes que dizem o contrário. Isso é péssimo.

9- Cebola crua: não me julguem.

10- Quando recebo um SMS da minha operadora informando que consumi 100% do meu pacote de dados (grrrrrrr)


Sintam-se à vontade para responder a TAG!

Beijos e até a próxima!

Categorias:

TÍTULO: Memórias de Uma Gueixa
AUTOR: Arthur Golden
GÊNERO: Ficção
EDITORA: Arqueiro
ANO DE LANÇAMENTO: essa edição, 2015
NÚMERO DE PÁGINAS: 448

SINOPSE: No pequeno vilarejo à beira mar onde Chiyo nasceu, a vida é ver o pai tecer redes de pesca, ajudar a mãe a manter em ordem a casa de chão de terra batida, depois brincar no lago com a irmã e as crianças vizinhas. É uma existência simples, porém segura e feliz.
Mas tudo muda quando sua mãe adoece. O pai, que já perdeu a primeira esposa, fica desnorteado diante da possibilidade de ter que criar duas filha sozinho. Assim, quando um conhecido lhe propõe mandar as meninas para Kioto, ele não consegue fazer a coisa certa.
Da noite para o dia, as duas são levadas para a cidade grande e separadas assim que chegam lá. Sem saber por que foi tirada dos pais nem onde etá a irmã mais velha, aos 9 anos a pequena Chiyo vira criada numa okiya - uma casa de gueixas.
Enquanto esfrega o chão e carrega pesados baldes d'água, ela percebe que só existe uma forma de escapar dessa vida de martírio eterno. Para isso, ela se torna Sayuri, uma das gueixa mais famosas de todos os tempos.


Oi pessoas! Finalmente mais uma leitura concluída. Foram longos 16 dias de leitura dessas 443 páginas. A vida está bem corrida e o tempo apertado para eu fazer tudo o que eu quero. Para conciliar trabalho, casa, filho, treinos de corrida, leitura e outras coisitas mais, o meu dia teria que ter muito mais de 24 horas.

De início, achei a leitura chata e massante mas, apesar de todo o sofrimento de Chiyo, comecei a enxergar a beleza e a profundidade da história. A descrição detalhada do autor proporciona uma perfeita visão do cenário do Japão nas décadas de 30 e 40.

Chiyo perde a família (os pais morrem e ela é separada da irmã mais velha quando as duas são vendidas para okiyas - casas de gueixas) e sofre "bulling" de uma das gueixas da okiya em que vive, quando é obrigada a deixar seus estudos como gueixa para ficar como criada da casa. Contudo, de repente ela esbarra com um homem que lhe devolve as esperanças ao dizer palavras de encorajamento, o que faz com que ela prometa a si mesma que vai fazer de tudo para retornar aos seus estudos e, a partir daí, ela fica obcecada por ele, mesmo sem saber seu nome, somente sabendo que ele é presidente de uma grande empresa.

Posso dizer que essa história me conquistou e a terminei admirando muito Chiyo, que passa a se chamar Sayuri quando se torna gueixa. Ela faz pensarmos o quanto temos que ser perseverantes em nossos objetivos, mesmo que passemos por muitas situações difíceis que podem no fazer perder as esperanças.

O livro me fez entender o que era a vidas das gueixas, que são normalmente confundidas com prostitutas. Não que não seja a mesma coisa mas elas na verdade são artistas que tem a função de entreter os homens com conversas, jogos, danças e também com sexo. E possuíam um danna, que a sustentava fornecendo moradia, maquiagens e quimonos glamourosos.

Por esses dias, o canal Universal (157 na NET) transmitiu o filme baseado no livro, que foi lançado em 2005, cujo trailer está abaixo. Adivinhem se eu não quero assistir o mais rápido possível?




Leitura mais do que recomendada. É um belo passeio, apesar de cheio de tristezas, pelo Japão dos anos 30 e 40.

Beijos e até o próximo post!

Oiii! Ando um pouco afastada do blog pois o tempo está escasso e não vinha sentido vontade de escrever. Estou lendo "Memórias de uma Gueixa" que é um livro com uma história bem pesada e a leitura está rendendo bem pouco (mais ou menos umas 15 páginas por dia), desse jeito termino de ler só no ano que vem.

Por isso venho aqui para responder uma TAG que vi no blog A Bookaholic Girl e fiquei tentada. Foi um pouco complicado eu pensar em 25 fatos, mas finalmente saiu.

A criadora da TAG se chama Sasha, uma booktuber norte americana, e o seu vídeo está aqui.

Então, aqui vai:

1- Gosto de tatear as capas dos livros.
2- Já cheguei a comprar livro só por causa da capa.
3- Não leio as sinopses dos livros inteiras antes pois prefiro me surpreender (ou não).
4- Já abandonei leituras.
5- Não gosto de estabelecer metas de leitura pois pelo meu ponto de vista parece competição. Gosto de ler com calma, e livros que realmente me interessam e não porque o outro leu.
6- Amo ganhar livros de presente.
7- Amo comprar livros (principalmente ofertas rsrsrs).
8- Já passei horas pesquisando o local mais barato para comprar um livro específico (caso de It - A Coisa, de Stephen King, que valeu muito a pena pois de R$ 89,90 consegui por R$ 51,00).
9- Criei o blog pois não tinha com quem conversar sobre os livros que lia e também porque me expresso melhor escrevendo.
10- Estou tentando aprender a fazer resenhas (elas ainda estão bem pobrinhas, sei disso...).
11- A única série de romances de época que estou conseguindo seguir é a série Ligeiramente, de Mary Balogh.
12- Comecei a ler com os gibis da Turma da Mônica (eu e a torcida do Flamengo...).
13- Eu já marquei página com a capa do livro ou dobrando a pontinha (é pecado mortal, eu sei!), mas não faço mais isso.
14- Odeio que me interrompam quando estou lendo.
15- Meu gênero preferido é suspense.
16- Comprei uma estante para colocar meus livros e ela já está lotada.
17- Tenho mais de 40 e-books armazenados no meu celular que ainda não li.
18- Ainda não fui a nenhuma Bienal e gostaria de ir esse ano.
19- Empresto meus livros de boa (mas isso não quer dizer que não tenha ciúmes deles).
20- Conheci pessoalmente o Maurício de Sousa em 2013.
21- Nunca li Sophie Kinsella (se é que isso é relevante... rsrsrs)
22- Depois de um vácuo de uns 8 anos, voltei a ler por influência de amigas doidas por leitura.
23- Prefiro primeiro ler o livro e depois assistir o filme.
24- Se eu assisto o filme primeiro, não leio o livro.
25- Adoro responder TAGs literárias.

Espero que tenho gostado! Quem quiser responder, sinta-se à vontade!

Beijos e até a próxima!

Oiii! Mais uma da série "contos gratuitos do kindle", e dessa vez, um conto erótico. E não é bom dar aquela esquentadinha de vez em quando?

TÍTULO ORIGINAL: Doce ou Travessura
AUTORA: Gisele Souza
GÊNERO: Hot/Erótico
EDITORA: Charme
ANO DE LANÇAMENTO: 2014
NÚMERO DE PÁGINAS: no meu celular, 128

Não se trata de nada muito complexo. Sam, uma nerd assumida, que esconde seu corpo por debaixo de roupas sempre largas que não o valorizam, decide ir a uma festa de Halloween na casa de uma amiga e se fantasiar de bruxinha sexy. Claro que ela fica estonteante, chamando a atenção dos homens da festa.

Ao ir tomar uma bebida, se sente atraída pelo barman bonitão, Brad, que na mesma hora corresponde. E daí para frente é só alegria....

"Sam sorriu ao ouvir a voz rouca de Brad dizendo aquelas coisas sujas. Ela não estava acostumada a isso, em outros momentos se sentiria envergonhada, mas ali ela estava se sentindo liberta de toda a timidez e pudor que sentia."

É um conto para maiores de 18, curtíssimo (li em 15 minutos) e que pode dar abertura para um futuro livro. Baixem no Kindle e boa diversão!!!

Beijos e até o próximo post!!!

Oiiii! Mais uma leitura concluída! Este livro eu encontrei sem querer numa das estantes da Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos, bato ponto lá, e quando li a sinopse não larguei mais pois era o único exemplar. Nunca havia escutado nada sobre ele nem sobre a autora mas resolvi arriscar simplesmente pelo tema: viagem no tempo.

TÍTULO ORIGINAL: Timeless
AUTORA: Alexandra Monir
GÊNERO: Ficção Juvenil
EDITORA: Jangada
ANO DE LANÇAMENTO: 2015
NÚMERO DE PÁGINAS: 272

SINOPSE: Quando uma tragédia atinge a família de Michele Windsor, ela é forçada a se mudar de Los Angeles para a cidade de Nova York, passando a morar com os avós milionários e aristocráticos que nunca conheceu. Em sua mansão histórica na Quinta Avenida, repleta de segredos de família, Michele descobre o maior de todos eles: o diário de uma antepassada que tem o incrível poder de fazê-las retroceder no tempo, até o ano em que foi escrito, 1910. Lá, em um glamouroso baile a fantasia da alta sociedade, Michele encontra o rapaz de fascinantes olhos azuis que ela viu em seus sonhos durante toda a vida. Em pouco tempo, ela se vê apaixonada por ele e mergulha de cabeça num romance sobrenatural.
Quando se dá conta, Michele está vivendo uma vida dupla, lutando para conciliar seu mundo contemporâneo de estudante do ensino médio com suas viagens ao passado. Mas, quando se depara com uma descoberta terrível, ela de repente é lançada numa corrida contra o tempo para salvar o homem que ama... e empreender uma busca que determinará o destino dos dois.

Que história legal! De início parecia que o rumo era previsível mas me enganei! Me surpreendi com o seu desenrolar. O livro conta a história de Michelle Windsor, que passa por uma tragédia e é obrigada a se mudar para Nova York para morar com seus avós. Sua família é rodeada de mistérios e ela tem um sonho que a persegue desde criança. De repente ela descobre que pode viajar no tempo por meio de uma chave que era de seu pai e lá, 100 anos atrás, ela encontra o rapaz do seu sonho e se apaixona, aqueles amores que vem e derrubam tudo... rs

A sinopse já diz bastante sobre a história e seria uma judiação eu contar mais aqui, daí vocês nem precisariam ler o livro.

A autora amarrou bem as pontas da história e, claro, ela não acaba neste livro. É uma duologia, cuja sequência já foi lançada lá fora mas ainda não aqui no Brasil. Não consegui descobrir se já tem data para o lançamento.

É uma história encantadora, apaixonante e de fácil leitura. Difícil largar o livro, leitores fervorosos o lerão em 1 dia. O final é lindo e foi muito bem elaborado, só para deixar aquela vontade de ler o próximo volume. Recomendo muito!

Beijos e até o próximo post!!!


(imagem via Eventual Obra de Ficção)


Oiiii! Fui indicada pelo blog Eventual Obra de Ficção para essa TAG "diferentona". Fico muito feliz quando sou lembrada pelos blogs que, aos poucos, vão chegando por aqui. Algumas respostas podem parecer cópia da resposta delas mas é somente a mesma opinião.

Essas são as perguntas:

Só eu que li? Um livro que a maioria das pessoas desconhece mas você leu


 O Manuscrito

Só eu que não gostei? Um livro aclamado, menos por você


A Culpa é das Estrelas

Só eu que vi apenas o filme? Um livro que você quer muito ler, mas só assistiu ao filme 


Garota Exemplar

Só eu que não li nada dele (a)? Um autor famoso de quem você nunca leu um livro 


Jane Austen

Só eu que gostei do malvado? Um livro com um vilão (ou não herói) pelo qual você torceu mais que o mocinho.

Não leio muitos livros com vilões e por enquanto não torci por nenhum...

Só eu que acho que panela velha é que faz comida boa? Um livro já desgastado mas que você ama.


O Mundo de Sofia

Só eu que leio nacionais? Um autor nacional que você adora.


Luiz Fernando Veríssimo

Só eu que amo clássicos? Um livro clássico que você gostou.


O Físico (não sei se ele pode ser considerado um clássico)

Só eu que li antes de virar filme? Um livro que foi/vai ser adaptado para o cinema e você leu antes 


A Garota no Trem

Só eu que odiei o (a) principal? Personagem principal que você odiou 


Ainda não consegui odiar nenhum principal


Não vou indicar ninguém. Sintam-se à vontade para responder!!!!

Beijos e até o próximo post!!

Categorias: